O mar

Resultado de imagem para ponta do humaitá

Uma certa feita, recebemos em nossa casa a visita de um jovem casal , que tinha uma encantadora filhinha de 5 anos, procedentes de Mato Grosso. Após o almoço, levamos os visitantes para conhecerem alguns pontos de Salvador. E entre outros sítios aprazíveis, os conduzimos à parte mais alta do morro  localizado em Ondina, nas imediações do Jardim Zoológico, de onde se descortina um panorama verdadeiramente fantástico e amplíssimo do nosso mar. O dia estava muito bonito, o céu de um azul límpido e profundo iluminado por feéricos raios de sol, mas que se ia enevoando paulatinamente, em direção do mar. Os nossos amigos ficaram extasiados em face do espetáculo que se lhes apresentava!

Após alguns minutos de contemplação, a filhinha exclamou, com seu sotaque muito pitoresco: ¨

¨MÃE, O MAR É INFINITO !

Resultado de imagem para vista panoramica bahia de todos os santos

Exclamação digna de uma alma inocente e admirativa, que vira como num ¨flash¨ uma realidade transcendental! Nunca mais nos esquecemos desta antológica definição do mar feita por uma criança de 5 anos.

E verdadeiramente, esta maravilha da criação está aí ao nosso alcance , para a contemplarmos e sempre descobrirmos novas facetas, novos encantos.

Hoje, quero brindá-los com considerações muito belas sobre o mar, tecidas por um grande pensador brasileiro, o Prof. Plinio Correa de Oliveira, a seguir transcritas:

“Um dos primeiros elementos de grandeza do mar é a unidade. Os mares da Terra comunicam-se entre si, e constituem uma imensa massa de água que cinge todo o globo terrestre.

Numa orla do mar, em qualquer parte do mundo, uma das considerações mais agradáveis que nos vêm ao espírito é abarcar com os olhos a massa líquida que se estende diante de nós até as fímbrias do horizonte, e lembrar que essa massa líquida não se encerra ali, mas tem atrás de si imensidades a que se sucedem outras imensidades, para formar uma grande e única imensidade do mar que se move, que se joga e que brinca por toda a superfície da Terra.

 Quanta variedade podemos observar no mar!

Ora se apresenta manso e sereno, parecendo satisfazer todos os desejos de paz, tranquilidade e quietude de nossa alma.

Ora se move discreta e suavemente, deixando formar pequenas ondas que parecem brincar em sua superfície, fazendo sorrir e distender-se nosso espírito na consideração das realidades amenas e aprazíveis da vida.

Ora, por fim, ele se mostra majestoso e bravio, erguendo-se em movimentos sublimes, arremetendo furiosamente contra rochedos altaneiros e deslocando de seus abismos massas de água insondáveis.

Resultado de imagem para mar bravio

Por vezes, o mar chega à terra célere e ofegante. Em outros momentos, caminha para ela tardio e preguiçoso, por ondas que morrem languidamente na praia.

E, outras vezes por fim, apresenta-se tão completamente parado, que parece contentar-se em ver a terra sem tocá-la.

Às vezes o mar é tão límpido que se vê até o fundo de suas águas através de uma grande massa líquida.

Outras vezes, porém, ele se mostra escuro, impenetrável, profundo e misterioso.

Ora seu murmúrio dá a impressão de uma carícia, que embala e faz dormir.

Ora não passa de um ruído de fundo, semelhante à prosa de um velho amigo que muitas vezes se ouviu.

Mas, pouco depois, ele nos fala com o rugido dominador de um rei, que parece impor sua vontade a todos os elementos.

Todas essas diversidades do mar não teriam para nós concatenação nem encanto, se não se apresentassem sobre o grande fundo de uma unidade fixa, invariável e grandiosa.

O mar em suas mil formas, mil rugidos! Nos furores magníficos, nas tranquilidades esplendorosas!¨

 Bem, caros irmãos, espero que tenham gostado desses  comentários sobre o mar. Neles encontrei tudo que gostaria de dizer, nesta oportunidade, sobre esta maravilha da criação, para explicitar dois importantes atributos da beleza: a unidade e a variedade.

Mas o mar é tão incomensuravelmente grande ( para a filhinha de meus amigos, ¨infinito¨) e cheio de tão multiformes encantos que ainda voltaremos a falar dele.

Deixo-lhes algumas fotos do mar que ilustram as belas ponderações acima.

Deixem seu comentário e aguardem o nosso próximo post. Penso que você vai gostar muito.

Resultado de imagem para dia claro mar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s