Rosas e Orquídeas, Brasil e Colômbia.

     hqdefault (1).jpg

Depois de um lapso de tempo considerável durante o qual tive de me ocupar de afazeres variados e até certo ponto exaustivos, vou paulatinamente voltando à rotina   e    retomando as reflexões e pesquisas em torno de temas que entretêm o espírito e que nos fazem subir a paragens mais altas e a partir daí  descortinarmos panoramas belos e aprazíveis ou  simplesmente nos determos na apreciação de criaturas que nosso bom Deus preparou e reservou para nós e que estão sempre a nosso alcance.

orquídea-vanda.jpg                  Imagem-de-rosas-vermelhas.jpg

Eu confesso que gosto muito das flores, das suas formas, cores e perfumes de uma variedade, matizes e nuances verdadeiramente espetaculares! Desde a violeta, da ” dois irmãos” (que nome genial! ), da florzinha do bredo, passando pela “dama da noite”, pelas tulipas até a rainha delas que a meu ver é a rosa. Gosto muito das  desconcertantes orquídeas e recentemente adquiri uma espécie numa loja especializada, mas infelizmente a floração não se adaptou ao local e murchou.

d37483b70bf3031016cc6f4a98210c19.jpg             Como-Cultivar-Orquídeas-em-Casa-e1457152800831.jpg

Mas, não faz mal. Vou adquiri outra bem bonita e tomar todos os cuidados com ela.

por-que-uma-orquidea-nao-floresce-2.jpg  placa-orquídeas.jpg    64f9bf1362e38049a7cd56a0ba1206f4--floribunda-roses-orange-roses.jpg

Estava com estas cogitações sobre as flores, quando encontrei nos meus arquivos  um artigo bem interessante justamente sobre as rosas  e as orquídeas que há um tempo atrás um  amigo sacerdote havia me oferecido, no qual era feita   uma associação de ideias com o Brasil e a Colômbia, país que somente agora vai despertando afluência de turistas de várias partes do mundo e sobretudo do Brasil, pelos seus encantos naturais, sua história e monumentos artísticos.

colombia-11.jpg
Cartagena – Colômbia

 

10-10-CRISTO-REDENTOR.jpg

E assim, comecei um estudo sobre a Colômbia e fiquei com vontade de conhecê-la juntamente com o Chile e o Peru.

Isto posto, desejo-lhe, caro leitor, uma ótima leitura.

   Rosa e orquídea — dois gêneros de beleza

                               ”  Para meu gosto pessoal, eu dou a primazia a duas flores. A primeira evidentemente é a rosa. Uma rosa perfeita e acabada é uma glória, uma beleza, uma maravilha, uma ordenação como não há igual.

Depois das rosas — é uma opinião ainda mais pessoal — elejo as orquídeas. É um tipo de flor que viceja maravilhosamente no Brasil, mas, pelo que ouvi dizer, floresce ainda mais belamente na Colômbia. É um gênero de beleza profundamente diferente da rosa.

catedral-de-Las-Lajas.jpg
Catedral de Las Lajas – Colômbia

A rosa traz consigo o esplendor da ordem. Suas pétalas postas em ordem obedecem a um raciocínio. Nela não há nada de previsto, não é planificada. Mas dir-se-ia que um poeta a planificou. Deus Nosso Senhor a planejou, a destinou. Tudo nela é ordenado, estabelecido, arranjado. Ela exala o perfume que é conforme à sua forma de beleza — da ordem prevista, racional e explícita. Ela é uma soberba explicitação do conceito de beleza.

b7f92b0113fc474d3203a4c90dc89dee.jpg

Isto não se pode dizer da orquídea. A orquídea é rara e singular. Ela prega surpresas, suas pétalas se movem quase como num balé vegetal. Movem-se em direções inimagináveis, que se compõem em torno da parte central e variam de flor para flor. A parte central da orquídea é sempre de uma beleza magnífica e surpreendente. Por exemplo, brancas na orla e depois de um vermelho e de um roxo aprofundado e que chega até a uma parte misteriosa dentro, onde se tem a impressão de que há um vermelhíssimo sublime que não se mostra, por uma espécie de recato. É próprio às coisas verdadeiramente muito superiores a não se exibirem; enquanto as coisas charlatanescas se exibem.

por-que-uma-orquidea-nao-floresce-15.jpg

Há formas de orquídeas incomparáveis, mas todas com a beleza do fantasioso, do inesperado, de uma alta distinção, que parece dizer a quem as vê: “Confessa que tu não me imaginavas e que eu sou muito superior a tudo quanto tu pensavas”. Há um quê de “não me toques” na orquídea, que faz parte de outra família de beleza. Não é a beleza de desordem, mas dessas formas superiores de ordem, que o raciocínio não constrói e que só a fantasia sabe compor. Isto está muito de acordo com o espírito das nações latino-americanas e que eu creio que são, sobretudo, na forma de espírito de duas nações psicologicamente muito parecidas: Brasil e Colômbia.

cartagena1428942202.jpg
Colômbia

Às vezes, quando eu ouço contar de “colombiadas”, eu me lembro de “brasileiradas”. O capricho, o inesperado, o entusiasmo; também, às vezes, o ressentimento, a vingança, conforme a ocasião a violência, mas seguida logo depois de uma reconciliação afetuosa. Todo este vai-e-vem temperamental, eu vejo de comum entre o brasileiro e o colombiano. E ali está a orquídea a marcar dessa maneira as peculiaridades do espírito dos povos que a Providência suscitou.” (Plinio Correa de Oliveira)

Que reflexões belas e  profundas !

ElevadorLacerda.jpg
Salvador – Brasil
colombia-01.jpg
Cartagena
Anúncios

Um comentário em “Rosas e Orquídeas, Brasil e Colômbia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s