Minha sogra Maria Helena

IMG-20180113-WA0032.jpg
Queridos irmãos e irmãs,

O nosso blog hoje quer fazer uma homenagem a uma pessoa muito especial: trata-se de minha muito querida sogra Maria Helena, que hoje completa mais um ano de vida. De uma vida luminosa e marcada por muitos exemplos que edificam a todos que têm o privilégio do seu convívio. É frequente, e nós mesmo fazemos isto neste blog, buscarmos lições de vida estudando ou pesquisando biografias de pessoas já falecidas, geralmente célebres ou ao menos muito conhecidas, a vários títulos. E isto é válido e compreensível. Todavia muito frequentemente não deitamos nossa atenção sobre pessoas que estão muito próximas de nós. Este fenômeno foi citado pelo próprio Jesus quando disse: “ninguém é profeta em sua própria terra”! E é por isto que eu costumo dizer: se você quer dizer alguma coisa bonita a uma pessoa, ou até mesmo fazer algum elogio dela, faça-o enquanto ela está viva. E foi pensando nisto que resolvi falar sobre Maria Helena de quem recebi desde que a conheci, somente demonstrações de afeto, cuidados e atenções, inerentes ao seu caráter e sobretudo à sua bondade maternal que se estende em relação aos seus filhos, noras, genro, netos, irmãs, sobrinhos,  outros parentes e amigos e cuidadores. E que dizer de Maria Helena como esposa? Quem deixou este testemunho foi seu já falecido marido Renato, que a chamava simplesmente “Neném”!

IMG-20180113-WA0029.jpg

Bela desde que nasceu, até hoje conserva um porte e um semblante que a todos encantam, por isso que sua querida filha Tiêta passou a chamá-la carinhosamente “Princesa”, no que foi imitada por seus irmãos. Uma foto de Maria Helena com sua já falecida irmã Lucinha, pessoa boníssima, a quem também tive o privilégio de conhecer de perto,  faz pensar, a quem ignora quem sejam,  segundo  opinião de meu marido, tratar-se de duas damas da aristocracia inglesa!

IMG-20180113-WA0030.jpg
Tiêta, seu filho Renato e Maria Helena

 

Agradeço a Deus que me concedeu a graça de tê-la como sogra,  pois ela é e continua sendo cada vez mais, uma pessoa virtuosa e exemplar em todos os aspectos da vida,  uma mulher de fé  e culta, tendo sido, quando jovem, professora de Inglês no Colégio Santa Bernadete, localizado em Itapagipe.

IMG-20180114-WA0004.jpg

E pensando nela me vem à memória a minha saudosa e inesquecível mãe, Neuza, também como Maria Helena, exemplo de esposa, de mãe, avó, tia e sogra bondosa  e solícita, sempre buscando a paz e a harmonia entre os membros de sua família. Minhas  saudades eternas!

E hoje que a nossa homenageada completa 94 anos de vida, a minha alegria é dobrada e quero  lhe desejar anos de vida, saúde, paz  e consolações de seu amado Jesus, de sua Santa Mãe e de São José de quem sempre foi uma ardorosa devota.   Na verdade,  compartilho dos sentimentos de júbilo de todos que a conhecem e que, quando falam dela,  deixam  o carinho resplandecer nos seus rostos e ser traduzido em suas palavras de respeito, admiração e afeto.

20180114_143331.jpg
Minha sogra, eu e meu esposo

Sim, é digna de homenagem quem soube manter intacta a sua fé em Deus  em meio às procelas da vida, e  Maria Helena logrou fazê-lo  mesmo  quando perdeu o marido, prematuramente, ficando com oito filhos com idades variadas e por isso teve que trabalhar mais para sustentar a família dignamente, educando os filhos até cada um poder “ andar com suas próprias pernas”. E isto não foi nada fácil!IMG-20180113-WA0017.jpg

A par disto, sempre se  preocupou, como o faz até hoje,  com todas   as pessoas  que de algum modo compõem o seu não pequeno círculo de relações ,de parentesco, amizade e conhecimento , e sempre foi  como é, solicitada com pedidos de preces e orações, (quantas vezes eu mesmo roguei a sua intercessão !),  ou então  para dar uma opinião ou um conselho a alguém que esteja necessitando, sabendo ser solidária na dor e nas dificuldades dos outros, como também nos seus sucessos e conquistas!

Num mundo tão confuso e carente de pessoas que sejam referenciais de virtude , compostura e honestidade, temos ao nosso alcance um modelo, um exemplo vivo a imitar, que é a nossa querida Maria HIMG-20180113-WA0025.jpgelena! Aliás, dois exemplos: ela e seu inesquecível marido Renato!

Mas para não me alongar, deixo-lhes palavras muito bonitas  e inspiradas que meu cunhado Carlos Francisco proferiu nos oitenta anos de minha querida sogra, e que permanecem inteiramente atuais, entremeando-as com pequenos comentários de minha autoria, as quais transcrevo abaixo:

“A nossa mãe casou-se cedo, aos 21 anos. Casou na Igreja do Bonfim, com Renato, que foi o único homem que ela teve e amou.

Nosso pai morreu cedo, no ano de 1968. Não deixou fortuna em bens materiais – uma casa, um fusca, uma pensão pecuniária.

Deixou oito filhos – dos quais metade, hoje, tem mais idade do que os 51 anos que viveu. Renato Oliva Vieira legou a seus filhos uma inestimável série de valores familiares, morais e de amor ao próximo. Isso tem servido como um intangível balizamento para nossa conduta na luta pela sobrevivência neste mundo conturbado e de valores morais e éticos subvertidos.IMG-20180113-WA0023.jpg

Mas, ele nos legou, também, uma joia rara: a única mulher que amou na vida, a esposa que lhe deu sete filhos homens e a filha tão esperada e com a qual ele teve tão pouco tempo de desfrutar a convivência.

Essa mulher – a quem ele chamava “Neném” – viu-se, de repente, com a enorme responsabilidade de ser a chefe de uma família numerosa, demandando um leque de cuidados tão grandes e variados, quanto se pode esperar de um bando de crianças, de impúberes a púberes, de rapazes adolescentes até recém-saídos da adolescência, ou seja, um conjunto de problemas que iam do curso maternal ao universitário. Para enfrentar isso tudo, Maria Helena teve que aliar seu coração de Maria à fé em Nosso Senhor Jesus Cristo e à firmeza de Helena, a Santa que foi capaz de mudar a sede do império Romano – obviamente guardadas as devidas proporções e descontado o arroubo e a falta de isenção de um filho com relação à mãe.

IMG-20180113-WA0022.jpg
Formatura

Maria Helena não estava sozinha. Na verdade, nós tínhamos também o amor e a proteção de nossos avós, tios, tias, de diferentes graus de parentesco, que viviam dentro ou gravitavam em torno da família Cruz. E os seus sobrinhos, nossos primos e primas, os quais ela sempre amou como a seus próprios filhos.

Como todos que estão aqui presentes sabem, morávamos então numa espécie de condomínio familiar, com as casas dispostas em círculo em torno de um grande quintal, centralizado e simbolizado por um grande e secular tamarindeiro. em torno dele se desenvolvia o cotidiano de nossa vida familiar. Ali passamos grande parte da nossa existência.

E Carlos Francisco prossegue acentuando que Maria Helena foi ” uma mulher vencedora, que com a graça de Deus, teve o privilégio de concluir em vida sua obra maior: gerar, dar à luz, educar e formar seus oito filhos. Esse, sem dúvida foi o seu objetivo, que, de forma obstinada, buscou e logrou alcançar.IMG-20180113-WA0021.jpg

E com um fino senso psicológico observa que ela foi” uma mulher forte, digna, amorosa e determinada; uma “mãe-pai”, que soube conduzir com coragem e desprendimento o mister de ser mãe, mesmo diante da perda do seu único e grande companheiro”, aduzindo que, também sempre foi uma filha dedicada,  irmã solidária e amiga fiel.

Tantas boas qualidades fizeram” e fazem, acrescentamos  nós, ” de Maria Helena uma pessoa amada e respeitada por todos que a conhecem. Aqueles que a tratam por Maria Helena, Leninha, Lena, Dona Helena, Dona Leninha, Tia leninha,  e a depender do grau de afinidade, ela retribui sempre com o seu sorriso, franco, sincero e generoso. Não é raro ouvirmos alguém se referir a Maria Helena de forma elogiosa, enaltecendo suas virtudes e principalmente a união que conseguiu estabelecer e manter no seio de sua família”, seguindo o lema que seu marido não cansava de inculcar no coração de seus filhos: ” um por todos, todos por um” ou, este outro , ” a união faz a força”, conforme várias vezes contou-me o meu marido Renato.

Aliás, acho muito bonito ver a união, solidariedade e respeito fraterno,  e a amizade sincera que existem entre seus filhos, coisa tão difícil nos dias atuais.

E assim conclui meu caríssimo cunhado, suas palavras repassadas de afeto e carinho:

“Peçamos a Deus, pela intercessão de Nossa Senhora Auxiliadora, que lhe conceda ainda, muitos anos de vida, preservando a lucidez de sua mente e pureza de seu imenso coração”.IMG-20180113-WA0033.jpg

Mas antes de concluir este post , o meu marido Renato, em nome próprio e no de seus irmãos, pede-me para deixar consignado um profundo e incomensurável agradecimento de todos eles à sua inefável mãe ! Agradecimento por ela ter-lhes dado, juntamente com seu saudoso pai, o dom da vida, por  ter-lhes amamentado, cuidado deles ,  e os amparado nas horas mais difíceis, educando-os e instruindo-os na fé católica, corrigindo-os, perdoando-os e sacrificando-se por eles;  incentivando-os e fortalecendo-os;  e porque desde a mais tenra idade  de cada um,  levou-os à pia batismal, e à recepção de todos sacramentos instituídos por Nosso Divino Mestre Jesus e ministrados pela Santa Igreja Católica!

E como recompensa de Deus, já aqui na terra, Maria Helena conta com a atenção , afeto e cuidados dos seus filhos, genro , noras, sobrinhos  e de pessoas mais próximas . Contudo conta ela, de modo especial, com o acolhimento, cuidados e presença constantes e afetuosos do seu filho mais novo Marcelo, que desde há muitos anos a recebeu em  sua casa, e que não mede esforços para proporcionar-lhe tudo de que necessita para uma existência condigna em meio a um convívio  afetuoso, a quem consignamos , também ,nossos agradecimentos..IMG-20180113-WA0018.jpg

Muito obrigado, Maria Helena! Que Deus a recompense, abençoe e proteja!

Termino esse post, homenageando todas as sogras que dedicaram sua vida às suas famílias !

Deus Seja Louvado!

 

Anúncios

17 comentários em “Minha sogra Maria Helena

  1. Muito Lindo neste dia tão especial!!! Olho para ela com orgulho, não porque fiz o melhor que pude, mas porque me tornei melhor do que eu era depois que passei a fazer parte desta maravilhosa família. Parabéns pelo Blog e principalmente o comentário feito por vocês no dia dos seus noventa e quatro anos de vida, um exemplo de vida de Mãe, Avó, Bisa, Tia, Sogra etc. Parabéns e muitas felicidades D. Leninha, que Deus em sua infinita bondade te proteja e te dê muitos anos de vida, pois precisamos muito do seu carinho, do seu amor, das suas orações. Parabéns a minha segunda MÃE e continue orando por todos. Meus Compadres estamos orgulhosos de vocês!!! Parabéns pela excelente homenagem!!! Guardarei no meu coração para sempre!!! Com carinho, Valeriano Santiago

    Curtir

    1. Estimadíssimo compadre amigo Valeriano!
      É com muita satisfação que agradeço suas palavras recheadas de amizade e carinho para comigo e Renato.
      A BELEZA, precisa ser igual a uma semente que plantamos para germinar, crescer e dar bons frutos.
      A vida de uma pessoa quando é florida de bons exemplos se faz mister, que se compartilhe, para outros imitarem. E diante da carência de bons exemplos fui elevada a compartilhar a vida dessa grande mulher, para que seja exemplo para muitos.
      Então não fiz nada e sim minha obrigação. Pois para mim enriqueceu esse singelo blog. Espero que todos possam semear a beleza na vida de sua família como fez a nossa homenageada, que lutou, carregou, amparou, compartilhou, dividiu, sorriu, chorou, esperou, abençoou, caiu, levantou e a esperança, a fé nunca perdeu.
      Um oceano de flores para ela!
      Obrigada!

      Curtir

  2. “Ninguém cruza nosso caminho por acaso e nós não entramos na vida de alguém sem nenhuma razão.” – Como eu acredito nisso!
    Parabéns D. Leninha pelo exemplo de amor, carinho e fé. Felicidades!!!

    Curtir

  3. Querida cunhada/irmã
    Fiquei muito emocionada com a sua linda e sincera homenagem!
    Realmente a nossa linda Princesa é um exemplo de vida. Graças a Deus meus irmãos e eu tivemos o privilégio de nascermos de um ventre tão abençoado
    Obrigada pelo carinho de sempre!
    O seu blogs é um sucesso! Continue nos proporcionando histórias maravilhosas.
    Parabéns pela sua iniciativa que a cada dia nos encanta mais! Abraços da cunhada / comadre e irmã que muito de admira!

    Curtir

    1. Amiga cunhada!
      Falar de sua mãe é uma alegria. Pois através dos filhos pude concatenar minhas idéias para escrever sobre está grande mulher.
      Procurei compartilhar o verdadeiro ornato que sempre envolveu Maria Helena ma sua vida. Nesse mundo onde o feio passou a ser o belo, nada como justo ressuscitarmos o que seja verdadeiramente belo. E Maria Helena foi e é bela até hoje em diversas facetas de sua vida.
      Cada etapa de sua vida foi coroada de beleza e graças de Deus e de Sua Mãe Santíssima.
      Obrigada!

      Curtir

  4. Muito bom Katia, meus pais sempre me ensinaram a declarar sempre nosso amor pelas pessoas queridas e foi isso que sempre fiz e faço, de coração aberto sem segundas intenções, com o único objetivo de dizer EU TE AMO. 😘

    Curtir

  5. Querida cunhada, belo e tocante texto. Você conseguiu descrever a história de vida de Maria Helena com fatos, fotos e declarações sinceras suas e de outras pessoas, os filhos Chico e Renato. Tudo que você disse é o que, nós filhos, vivemos, vimos e sentimos em relação à homenageada. Sim, ela é um exemplo vivo da boa essência de ser humano; tem o talento inato de ser mãe; sempre soube se relacionar com as pessoas de modo a somar na vida de cada uma delas; é amiga nas horas boas e difíceis.
    Por tudo e isso e muito mais, merece ser homenageada. Grato pelo carinho e pelo amor colocados no texto. Abraço!

    Curtir

    1. Estimado cunhado!
      Procurei com Renato e com a carta do cunhado Francisco conhecer e estudar a vida de Maria Helena. E através dessa retrospectiva de sua vida pelo próprio Renato e com a ajuda da carta de Carlos Francisco, conseguir arrumar a cabeça e colocar os sentimentos de amizade que sempre nutrir pela estimada sogra. E diga-se que houve momentos da minha vida que me fez muita companhia.
      Foi com alegria que pude compartilhar com todos amigos, filhos, parentes ou melhor com o mundo, alguém que considero de grande valor e com uma história de vida exemplar, em um mundo tão contaminado de mazelas.
      Obrigado!

      Curtir

  6. O texto consegue reproduzir a bela trajetória de uma mulher que, sem dúvida, faz a diferença aqui na terra. Que nós possamos aprender com esse lindo exemplo de vida! Parabéns pelo lindo escrito!!!
    Vovó Helena é merecedora de todas as homenagens! Também registro a saudade e o orgulho da vovó Neuza, que sempre viveu para a sua família.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s